Sobre o sumiço, vantagens e desvantagens de trabalhar home office, sobre novos rumos

setembro 28, 2016

É verdade que tem meses que não apareço por aqui,  já vim aqui, comecei a escrever e logo parei. Não fluiu, não saiu como eu queria. Então ficou ali em rascunho. Mas tenho visitado a pg no facebook com relatos contando um pouquinho da vida do lado de cá. Estou numa fase de mudanças, até gostaria de mudar de casa também(do ap,rsrs) sei lá, as mudanças são boas, tudo bem que todas as vezes que nos mudamos por questões de trabalho do meu esposo é aquela correria, é sempre de repente e pra ontem. Mas como tudo tem o lado bom dessa vida, é também aquele momento que fazemos um limpa, observamos que não precisamos de muito. Observamos que acumulamos demais. Observamos ainda, que muitas coisas não tem necessidade. Então é isso. Acredito que seja isso, mudanças são sempre bem vindas, com elas aprendemos algo que muitas vezes nem nós mesmos temos essa dimensão. Com isso venho sempre me fazendo perguntas relacionadas ao blog, como ele fica, que caminho seguir. O layout já não me serve mais, não me vejo mais nele. Está na hora de outro. O assunto que mais tenho falado nas rodas com as minhas amigas é sobre maternidade, é trabalhar home office, é sobre festas exclusivas, mini wedding, é fazer algo pra ajudar alguém, eu tenho convicção que ninguém veio a toa nesse mundo, todo mundo tem algo pra oferecer, pra dividir, pra compartilhar. 
Com tudo isso, vejo que já é hora de compartilhar com vocês outras coisas, as coisas do lado de cá, se vocês quiserem, eu posto algum projeto do Studio Cantinho Organizado (#scoprojetos) mas não gostaria de ficar sempre no assunto decoração, mas ampliar pra outras áreas que eu gosto de falar. Já temos pessoas falando e muito bem sobre decoração, organização..., e confesso que não quero trazer pra vocês decorações sofisticadas, mansão de fulano, de ciclano, nãooo,(só por trazer ou só pra ter um post) não foi pra esse nicho que o blog surgiu. Hoje muito mais do que quando o blog começou eu quero que ele venha com dicas de festinhas, aquelas que eram feitas quando éramos crianças, onde as brincadeiras eram aquelas: esconde esconde, pic fruta, pic pega, aaa gente fala sério, quem é dessa época sabe bem o que eu estou falando, e aquela emoção de ver sua mãe, sua tia, sua vó fazendo seu bolo e depois reunir os seus amigos da rua e cantar os parabéns. Tentamos passar essa ¨pegada¨ para os nossos filhos, do simples. Nem sempre ter muito é garantia de ser feliz. Com menos posso ser muito feliz. É complicado, já que vivemos num relativismo gigantesco. Mas lutamos, lutamos sem cessar pra deixar dois homens que farão a diferença nesse mundo.  Assim mesmo, farão a diferença não por serem melhores, mas sim, por serem diferentes, por terem valores onde o fundamental é SER e não o TER.

Sobre trabalhar home office
Desde que decidi trabalhar home office tenho travado há um mês uma ¨guerra¨ comigo mesma, e, principalmente com os meus meninos. Logo no início, entenderam bem que eu estou em casa, mas estou trabalhando. Hoje tenho observado que eles querem cair naquela situação a mamãe está em casa então tá de boa, no meio da tarde vai ter lanche preparado por ela(nesse exato momento escrevendo aqui escuto uma voz ¨mãe posso comer isso¨?) sendo que, tem biscoitos, iogurtes, suco, ah, tem dinheiro também pra comprar pão fresquinho ali na padaria(e ainda pode escolher o da esquina que não é tão gostoso, mas há cinco minutos de casa tem um pão bem gostosinho, e a essa hora corre um grande risco de ter quentinho). Estou contando isso, porque é assim gente, é o mundo real da maternidade, da mãe que trabalha em casa. Não é impossível todos entenderem, por aqui estava funcionando bem até o dia que eu troquei o home office de lugar. Isso mesmo fui com a ideia de ter mais espaço, em um dos quartos(que fica no meio de dois) aí foi o meu engano. Saí do outro quarto(aquele destinado a empregada) que fica separado, com um banheirinho e totalmente distante do restante do ap. Agora estamos em processo de reforma novamente. tintas,(confesso que é uma luta pra não cair na procrastinação).
Vantagens de trabalhar home office 
Não dá pra negar que trabalhar home office tem sido pra mim a melhor coisa, pode ser que um dia mude? Pode. Mas no momento tem sido maravilhoso, estar coladinha nos meus meninos, ter mais tempo com a família, mais tempo de fazer bolos, biscoitinhos, acompanhar o Pedro nas suas atividades de Karatê, Natação e Jiu Jitsu. E ainda ficar pertinho dele sempre que ele inventa uma receitinha nova, mesmo que essa seja feita lá pelas 08h da noite e a mamãe já esteja querendo mesmo é descansar. É fato que os meus filhos, mesmo o Marcos Júnior com 16 anos vejo o quão importante tem sido esse momento de estar perto, olhar os cadernos, saber o que ele está estudando no momento. Coisas simples que não estava tendo tempo pra fazer, estava numa correria gigante que quando eu parava, eu queria dormir. Posso buscar na escola, além disso, temos passeios em dias totalmente diferentes, viajem curta durante a semana, tudo isso melhorou pra nós nesse momento. O marido já tem um trabalho que exige que ele fique fora, o que isso quer dizer? Temos dias durante a semana que eles passam a ser finais de semana. Assim podemos fazer programas em família. Situação essa que me permite por estar trabalhando home office. 
Desvantagens de trabalhar home office
Como falei acima eu amo tudo isso, tá perto, tá junto e ter mais tempo. Mas também comentei lá em cima que é preciso ter muitaaa disciplina pra não cair na tentação de deixar sempre que os moradores não entendam que você está trabalhando. E isso tem sido exercitado sempre por aqui. Outra coisa muito importante, quando eu vou postar na fanpage não olhar na minha pg no facebook, se não já era, tira minha concentração, um chama pra conversar, e serve também para o aplicativo do meu celular.
Costumo dizer que tudo depende da sua necessidade, no momento trabalhar home office pra mim tenho tido mais vantagens do que desvantagens. A resposta vem deles: meus filhos, minha família.
E a casa, comida, roupa lavada e passada como fica?
Não conto com ajuda terceirizada por aqui não,conto com seis braços masculinos fortes(risos). Temos uma rotina de ajuda total por aqui, o lema a união faz a força impera, é fortalecida por meu esposo que não deixa os meninos esmorecerem. Assim seguimos fortes, unidos e com uma casa organizada e limpa. Os meninos já tinham o costume de ir pra escola e deixar a cama arrumada, isso continua, os banheiros conto com a ajuda dos meninos para lavar. As vasilhas(louças não temos por aqui) é vasilhas,panelas mesmo(risos). As roupas pra passar são por minha conta(juro que essas eu pretendo terceirizar) não aguento, odeio passar. No mais, vamos levando, nos apoiando, nos ajudando. As segundas e quartas faço pilates(nesses dias procuro ir no açougue e supermercado) e sexta-feira tiro a tarde pra mim.

Vocês já perceberam nesse textão que a minha cabeça tá fervilhando não é mesmo?
Quem nunca sentiu assim, querendo mudanças, surgem novos horizontes, novas necessidades e assim a vida segue, do jeitinho que você leva ela vai seguir.  
Um abraço a todos que passam por aqui! Valeu por cada visita. 

You Might Also Like

2 comentários

  1. Ana Lígia, faz anos que trabalho em casa, uns 15 eu acho, só em casa. Primeiro como pespontadeira, depois com web design.
    E, olha, é tenso.
    Especialmente a parte da procrastinação.
    Se não tiver disciplina não funciona.
    E bem sabemos que nem todo dia a gente consegue...
    A gente vê a casa, quer arrumar, quer fazer as coisas, e com trabalho em casa não dá.
    Mas é uma delícia.
    Só o fato de não gastar tempo se deslocando já compensa...
    Mas não é a colônia de férias que quem vê de fora pode achar...

    beijossss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uau ELaine, que bom ter você por aqui.
      A procrastinação é realmente um desafio(pra mim tem sido demais). Como você disse tem vantagens, essa do trânsito é ótima.
      Algumas pessoas tem mesmo essa mania de achar que quem trabalha em casa tá de boa. Mas nós sabemos que não é bem assim.
      Um beijo.

      Excluir

Que bom ter você por aqui!
Obrigada pela visita!

Like us on Facebook

Pinterest