Casa térrea de 72 m² na medida certa para uma típica família brasileira



Não é raro a gente ouvir que a casa tem que ter cara dos donos certo!
Por isso para o profissional da área, traçar o perfil dos moradores antes de executar o projeto é necessário estar atento ao gosto do cliente, isso com certeza será a chave para o sucesso final do projeto.

Quando encontramos casas pequenas, pra muitos é tenso, é problema, mas, nessa hora contar com a ajuda de um profissional que respeite o cliente é fundamental, como mencionei. É exatamente o respeito, o saber ouvir, entender exatamente o que o cliente quer, procura e espera de você profissional é primordial.


Um exemplo bem bacana, foi esse projeto que a da Revista Minha Casa trouxe em meados de agosto/setembro. Trata-se de um projeto das arquitetas Gracy Sanches, Neilandia Almeida e Rosa Maria Katchuian elaboraram o projeto desta casa pequena decorada para a ACS Incorporadora, em Sumaré, SP.

O projeto é surpreendente!


A área entre o quarto de casal e o banheiro anexo (1) ganhou armários para se converter em closet. Na cozinha, como a geladeira, a pia e o fogão foram alinhados à mesma superfície, o lado oposto (2) também pôde receber armários. Projeto de Gracy Sanches, Neilandia Almeida e Rosa Maria Katchuian.


Pensada para uma família que passa bastante tempo diante da telinha, a sala recebeu um sofá de canto feito sob medida, que se encaixa na parede chanfrada ao lado da porta de entrada e, assim, pode acomodar todo mundo. “Nesse caso, por causa do desenho irregular da planta, usar uma peça pronta resultaria em mau aproveitamento do espaço”, aponta Gracy Sanches.


Outra estrela do ambiente é o painel de MDF, que possui um recorte para acomodar a TV e, ainda, esconde toda a fiação. Fixado na parede, ele se confunde com a própria superfície, recebendo, inclusive, rodapé e rodateto. Em cada uma das laterais, foi colocado um espelho a fim de trazer amplitude ao cômodo. Para completar, prateleiras com acabamento na cor vinho, em diferentes comprimentos, abrigam livros, vasos e outros itens. 


Em tom pêssego, a divisória aquece a cozinha, ao mesmo tempo que destaca a marcenaria branca e os detalhes de inox. 


A parede junto à cama é inteiramente tomada por um painel de MDF com acabamento amadeirado semelhante ao do piso. Nele foi fixada a cabeceira estofada, que se estende além do convencional. “Essas linhas altas, em conjunto com os espelhos nas laterais, ajudam a ampliar o ambiente”, explica Gracy. A peça leva, ainda, dois módulos aéreos que fazem papel de criado-mudo.


Um móvel multifuncional ocupa a superfície oposta. O trecho sob a TV atua como rack e vitrine de acessórios e maquiagem, graças aos tampos de vidro sobre as gavetas. Junto ao espelho, a superfície do tampo pode ser utilizada como penteadeira ou escrivaninha. 


A fim de garantir espaço livre para cosméticos e produtos de higiene sobre o tampo de mármore, o trio de arquitetas apostou no tradicional e instalou uma única cuba. A opção de colocar duas, útil em lares com apenas um banheiro, depende do tamanho da bancada. “É recomendável somente a partir de 1,80 m de comprimento”, observa Gracy Sanches, arquiteta. Os adesivos conferem pinceladas de cor ao cômodo todo branco e criam efeito interessante com o reflexo no espelho. Um módulo com rodízios sob o balcão ajuda na organização, facilitando o acesso aos itens guardados em potes transparentes.


 Tendo em mente um adolescente, as arquitetas resolveram brincar um pouco mais com a decoração do quarto. “Como é projetado para ser o refúgio de um jovem, a combinação de tonalidades pode ser mais ousada – daí a presença marcante do preto e do amarelo”, justifica Gracy Sanches, arquiteta.


 No banheiro, os acessórios – lixeira, porta-escovas e porta-sabonete – são os responsáveis por aquecer o ambiente. 
Parabéns para as arquitetas Gracy Sanches, Neilandia Almeida e Rosa Maria Katchuian que elaboraram o projeto desta casa pequena decorada para a ACS Incorporadora, em Sumaré, SP com maestria.

Fiquem extremamente encantada!
E vocês o que acharam do projeto? Já conheciam?

2 comentários:

  1. Oi Kati,
    esse projeto me chamou a atenção por vários motivos, me passou a sensação de um belo projeto, funcional e harmônico. O conforto deve e precisa estar acessível a todos que queiram morar bem. Assim deve ser. Não é mesmo!

    Beijo.


    ResponderExcluir

Que bom ter você por aqui!
Obrigada pela visita!



Categorias

Arquivo do Cantinho

¨Confie ao Senhor o que você faz e os seus projetos se realizarão¨. (Proverbios 16,3)

Visualizações