Como Organizar a Casa Depois da Mudança

junho 06, 2012



Se deparar com inúmeras caixas pós-mudança deixa qualquer um estressado. Entretanto, o momento é de ter calma e tranquilidade para que a organização da nova casa seja a mais eficiente possível. Esta organização já deve começar junto com a mudança propriamente dita, ou seja, quando a transportadora for trazendo os objetos para dentro da casa, vá organizando-os nos ambientes adequados. Por isso é tão importante etiquetar tudo durante o empacotamento.

Se você preferir arrumar a casa nova aos poucos, outra forma de se organizar é colocar todas as caixas em um único ambiente (em vez de cada uma no seu cômodo) e ir pegando uma por vez e guardando o conteúdo nos respectivos lugares. Dessa forma, ainda que você demore meses para colocar tudo em ordem, o novo lar não ficará parecendo uma zona de guerra, com caixas espalhadas por todos os cantos. Também é primordial limpar todos os armários, estantes, racks e gavetas antes de começar a guardar.
Se você já cumpriu estas etapas, então chegou a hora de arregaçar as mangas e ir ao trabalho. Veja as dicas para tirar de letra a arte da organização da casa pós-mudança:

1- Cada coisa em seu lugar: analise minuciosamente cada espaço. Você precisa saber exatamente onde pretende guardar cada coisa. Por exemplo, as roupas de cama vão ficar em qual armário? E as louças mais finas, os potes de plásticos e os copos? Na cozinha, os utensílios utilizados frequentemente devem estar ao alcance das mãos. A mesma regra vale para a área de serviço e a copa. Coloque todas as louças nos armários, mesmo sem lavar. Depois da casa organizada é que vem o processo de limpeza de cada item.

2- Defina prioridades: é fundamental elencar qual será a ordem de arrumação dos ambientes. Como ninguém vive sem roupa, o primeiro passo é organizar os armários. A sequência lógica é partir para a cozinha, pois é lá que se encontram alguns itens indispensáveis para o funcionamento de uma casa. Ah, e nunca se esqueça da regra básica: começou, termine! Só mude de ambiente quando tiver arrumado totalmente o anterior.

3- Elimine o desnecessário: desempacotar a mudança é um bom momento para avaliar a importância de cada objeto. Se você é do tipo que tem “dó” de desfazer-se das coisas, pense nas vantagens de ter mais espaço e dar um fim a coisas inúteis, que só ocupam os armários.

Sem tempo e sem paciência
O processo de mudança é mesmo cansativo: empacotar, desempacotar, limpar e organizar tudo de novo na casa nova. Se você está sem tempo ou definitivamente não gosta desse processo todo, o mercado oferece a solução perfeita: empresas especializadas na organização pós-mudança.
Já existem empresas que, por exemplo, elaboram um cronograma detalhado de como será a execução do serviço, dividindo inclusive as horas nos dias de trabalho. O cliente recebe um currículo de cada colaborador e, depois de finalizado o processo, todos os ambientes são fotografados para a elaboração de um relatório final que contém exatamente onde cada item foi guardado.

Fonte: http://www.simnews.com.br

You Might Also Like

0 comentários

Que bom ter você por aqui!
Obrigada pela visita!

Like us on Facebook

Pinterest